Por onde devemos começar a planejar nossos recursos tecnológicos?

Há dois conceitos fundamentais a serem entendidos antes de escolher as ferramentas ou os fornecedores para os recursos tecnológicos que vão sustentar o seu programa de membro: os sistemas de gestão de relacionamento com o cliente (CRM) e as interfaces de programação de aplicações (API). Um sistema de CRM mantém um controle de seus leitores e membros. Uma API permite que diferentes sistemas de software, como o seu CRM, se comuniquem uns com os outros. Esta seção fornece algumas informações básicas sobre sistemas CRM, o uso de APIs e por que ambos são importantes recursos tecnológicos para um programa de membros.

O que é um CRM?

As organizações de sucesso que têm membros são capazes de monitorar todas as maneiras pelas quais um indivíduo se envolve com a sua marca, desde a leitura de uma publicação até uma mensagem que enviaram com uma sugestão de matéria até o registro de doações financeiras. Para lançar, expandir e manter um programa de membros no jornalismo, você precisa entender como uma pessoa se envolve com o seu veículo e o que a leva a apoiá-lo. Você pode acompanhar as ações do seu público — incluindo membros e não membros — por meio de um sistema de gestão de relacionamento com o cliente ou CRM. 

A coisa mais importante a saber sobre CRM e um programa de membros  é que não existe um CRM projetado especialmente para gerenciar adesões de membros na área do jornalismo (este é um problema que muito interessa ao MPP).

Na ausência de um CRM exclusivo para programas de adesão de membros no jornalismo, os editores precisam se contentar com as ferramentas de CRM existentes. Listamos algumas opções na nossa seção de conselhos — junto delas também estão algumas plataformas multifunções que incluem funcionalidades próprias a um CRM.

O que é uma API?

O uso inteligente das interfaces de programação de aplicações, ou APIs, constituirá o elemento técnico fundamental para você conseguir construir um programa de membros a partir de um CRM de propósito geral. 

APIs são interfaces que permitem que os dados fluam para fora de um sistema de software e sejam usados ​​ou analisados ​​por um sistema diferente. As APIs permitem que você acesse facilmente os dados de um sistema de software associado à sua conta. O poder das APIs é permitir a extração de dados de vários sistemas simultaneamente, e, em seguida, reunir esses dados para gerar uma imagem mais completa do que está acontecendo em seu sistema técnico. 

Por exemplo, você pode usar as APIs de seu CRM e de seu provedor de serviço de e-mail para obter os endereços de e-mail de seus membros e assinantes de newsletters. Com esses dois conjuntos de dados, você pode calcular quanta sobreposição há entre a adesão ao seu programa e a assinatura das suas newsletters.

Com a ajuda de um desenvolvedor ou fornecedor, você pode usar APIs para reunir automaticamente dados de sistemas distintos, executar cálculos que produzem métricas importantes e criar painéis que apresentam dados multifuncionais de uma maneira que pode ajudar a sua tomada de decisões. 

Para poder usar os dados dessa maneira, você precisa se certificar de que as ferramentas que está licenciando têm uma API aberta, que permite que desenvolvedores externos (ou você) obtenham acesso aos dados usando ferramentas de software em vez de downloads manuais .