Como testamos nossas ideias?

Você não saberá se uma ideia funciona até realmente a pôr à prova. Não há como substituir os dados do mundo real. Mas você também não quer investir todos os seus recursos em algo até saber que está no caminho certo. 

A melhor estratégia para lançar produtos eficazes para o seu programa de membros é por meio de testes e aprendizado. Quando você quer usar uma estratégia de teste e aprendizado para desenvolver e lançar um produto, pode ser necessário criar um Produto Mínimo Viável, ou MVP. Lançar MVPs é uma maneira de testar as suas ideias no mundo real.

Os MVPs não precisam ser perfeitos. Eles são a forma mais básica de sua ideia ou produto. Ao desenvolver um MVP, concentre-se nos recursos que considera serem os mais importantes. Mantenha a lista bem restrita e bem focada. Você pode adicionar recursos adicionais depois que tiver testado o seu conceito. 

Um MVP simples também é útil porque permite facilmente estabelecer ligações entre as suas ações e os impactos observados. Em outras palavras, será mais fácil, por um lado, para os membros entenderem seu MVP, e, por outro, para você interpretar como as pessoas reagem a ele.

Dividimos o processo de criação de um MVP em quatro estágios: definir metas, projetar seu MVP, lançar / coletar dados e avaliar / repetir.

1. Defina objetivos claros

O primeiro passo para lançar um MVP é definir metas claras baseadas em resultados. O que você deseja que seu MVP alcance, e como saberá se foi bem-sucedido? Consulte as seções de concepção e definição de metas desta seção para obter ajuda sobre como aprender com o feedback do público e, em seguida, sobre como definir metas baseadas em resultados. 

Outra maneira de pensar sobre o seu MVP é considerá-lo uma hipótese. Que informações você precisa reunir para provar ou refutar a sua hipótese? Por exemplo, quando o Daily Maverick, na África do Sul, se propôs a lançar seu MVP para doações, a meta era responder às seguintes perguntas: 

  1. Se as pessoas poderiam apoiar financeiramente o Daily Maverick de forma contínua
  2. Em qual parte de suas próprias plataformas estavam os seus leitores mais engajados 
  3. Quais mensagens relacionadas ao programa de membros teriam maior repercussão 
  4. Como os botões e esquemas de cores do site interferiam nas adesões
 

Como o Daily Maverick testou as hipóteses do seu programa de adesão antes do lançamento

O Daily Maverick se aproveitou de um atraso no lançamento do seu programa de membros para responder algumas perguntas pendentes sobre seus m

2. Projete seu MVP

Um MVP simples é ótimo, porque permite estabelecer facilmente conexões entre as suas ideias e o comportamento do público, e também porque pode ser projetado e lançado com relativa rapidez.Em seu guia sobre como tomar decisões sobre membros com uso de dados, a consultora do MPP Federica Cherubini aconselha apresentar um produto simples com o propósito de determinar a conexão entre a ação e o impacto sobre o público:

“É importante lembrar de introduzir apenas uma variável de cada vez, para que assim você consiga entender quais estratégias estão funcionando e quais precisam de ajustes. Por exemplo, se você quiser testar qual plataforma está tendo maior conversão, certifique-se de que o texto em todas as frases com chamadas para ações seja o mesmo ou bastante parecido (embora o texto possa variar um pouco, certifique-se de que o tom permaneça semelhante). Depois de testar a plataforma, você pode experimentar quais mensagens funcionam melhor, usando palavras diferentes na mesma plataforma”.

3. Lance seu MVP

Depois de definir como deseja testar seu MVP, lance-o. Aqui está uma lista curta e nada exaustiva de como apresentar seu MVP aos membros do público

  • Ferramentas como o Google Optimize se conectam ao Google Analytics e permitem que você execute testes leves em seu site. Isso é útil se você deseja testar um MVP de um novo tipo de chamada para ações, por exemplo.
  • A maioria dos provedores de serviços de  e-mail permitem que você execute testes A / B em seus sistemas para analisar itens como linhas de assunto, nome do remetente e hora de envio. 
  • As plataformas de gerenciamento de mídias sociais permitem que os usuários executem testes em tudo, desde o texto da postagem até a visualização das imagens e muito mais. 
  • Existem ferramentas como o TestFlight e o InVision que permitem que você disponibilize as primeiras versões de aplicativos e de experiências digitais para testadores.

O Narwhal usou um teste A / B para avaliar se os seus membros em potencial responderiam melhor a um convite entre as opções “Torne-se um membro” ou “Torne-se um Narwhal”, eliminando as suposições sobre qual escolha teria mais aceitação.

 

Como o Narwhal adotou uma mentalidade baseada em testes e aprendizado

O Narwhal desenvolveu um ritmo no qual realiza pequenos testes para otimizar cada etapa do seu funil de audiência.

Uma das coisas principais a se ter em mente ao testar é que você precisa conceder tempo suficiente aos seus testes e dispor dos testadores certos para obter um resultado realista. 

É preciso garantir que as pessoas que interagem com seu MVP correspondem ao tipo de membro do público que você espera que vá adotá-lo. Se os seus membros-alvo são estudantes universitários, não teste seu MVP exclusivamente em profissionais ativos. Se você estiver projetando algo mirando especificamente em um público pouco representado, certifique-se de que membros desse público estão incluídos entre quem testar seu MVP.

4. Avalie os resultados e repita

Dependendo da natureza do seu teste, você provavelmente vai querer que ele seja executado por ao menos um sprint, e possivelmente mais. É importante resistir ao impulso de interromper o teste se algumas pessoas tiverem reações negativas. Esforce-se para manter qualquer feedback negativo em perspectiva, comparando-o com o número total de participantes que estão realmente envolvidos no teste. 

Pode haver situações — por exemplo, se um teste teve um impacto negativo significativo em sua receita de publicidade ou em seu ranking de pesquisa — em que os impactos sobre o seu negócio são tamanhos que significam ser absolutamente necessário interromper um teste. Mas, em geral, você obterá melhores resultados se deixá-lo seguir seu curso previsto.

Depois de concluído seu primeiro teste, avalie os resultados e busque melhorar seu MVP.

Volte às metas que você definiu no início do teste. Você atingiu seus objetivos? Houve áreas em que você ficou aquém? Alguma coisa te surpreendeu? Identifique pequenas mudanças ou ajustes que podem ser adotados para aprimorar o seu produto, implemente-os e meça o que acontece. O ciclo começa mais uma vez. 

Quando o DoR, da Romênia, começou a hospedar redações móveis fora da capital Bucareste, eles criaram uma série de MVPs que foram se tornando mais abrangentes ao longo de um mês. Cada MVP se baseava no que tinha sido aprendido com o anterior.

As ofertas de seu programa provavelmente mudarão com o tempo, mesmo obtendo sucesso, porque as necessidades e expectativas de seus membros mudam. Ao implementar o ciclo de teste e aprendizado, o seu produto pode crescer junto com seus membros.

 

Como o Bridge Michigan usou testes para aprender e expandir sua membresia

Eles criaram um conjunto de testes direcionados para cada estágio do funil de audiência.