Como levamos em conta a participação dos membros nos cálculos de custo-benefício?

Um dos pilares de uma organização com membros é que a audiência e os membros pagantes podem — e são encorajados a — participar regularmente de formas não monetárias. Esta prática, que o MPP chama de rotinas dos membros, pode ser difícil de medir e quantificar.

No entanto, como evidências de outras áreas sugerem que a participação aprofunda a fidelidade e a retenção dos membros, o MPP crê que o esforço de tentar medir a jornada de participação do membro vale muito a pena. Como o pesquisador JP Gomes disse ao MPP, “é possível que a participação medida em horas, em vez de em dólares, se correlacione com o quão conectadas as pessoas se sentem a uma organização.”

Para fazer isso, o MPP recomenda tentar medir a participação repetida da audiência e dos membros pagantes. Você pode começar prestando atenção em quantos membros da audiência aceitam as oportunidades de participar, seja em algo pequeno, como em uma pesquisa da audiência, ou em um comprometimento mais longo, como ajudar com o fact-checking. O MPP recomenda construir sua própria “escada de participação” para ajudá-lo a monitorá-la, como muitas organizações fora do mundo do jornalismo fazem. Vá para “O desenvolvimento de rotinas de membros” para mais sobre isso.

Mas também é possível adotar uma abordagem diferente para monitorar a participação e tentar medir diretamente as contribuições não monetárias. Como você pode fazer isso? Em 2019, o pesquisador do MPP Joe Amditis explorou como organizações fora da mídia estão determinando os valores financeiros de contribuições não monetárias. As estratégias abaixo — baseadas nesta pesquisa do MPP — podem ajudá-lo a entender a profundidade do relacionamento dos membros com a sua organização e ajudá-lo a identificar potenciais defensores, porta-vozes e amplificadores.

Crie estimativas de valor para você e para os seus membros. Se pode ser difícil pôr uma cifra direta nas contribuições qualitativas, isso não significa que você não pode estimá-la. O que uma contribuição específica dos membros economiza no tempo da equipe, por exemplo? Ou o quanto você pagaria a um freelancer ou a um prestador de serviços por uma contribuição similar? A Water Environment Research Foundation criou uma ferramenta para medir benefícios para “ajudar as pessoas a decidirem como avaliar objetivamente os benefícios intangíveis de um projeto ou iniciativa em particular”, permitindo a tradução de benefícios qualitativos em valores monetários.

Desenvolva um sistema de pontos para as contribuições. Se você não quer ir tão longe quanto estimar um valor monetário, é possível criar um sistema paralelo de pontos que pode ajudá-lo a monitorar os valores relativos e cumulativos de contribuição dos membros ao longo do tempo. Você também pode permitir que os membros (ou não membros) troquem esses pontos por benefícios. Por exemplo, o programa de Guias Locais do Google permite aos usuários ganhar mimos — como medalhas, acesso antecipado a produtos do Google ou até espaço de armazenamento gratuito na nuvem — caso contribuam com o Google Maps com fotos, vídeos ou outras informações. Quantidades diferentes de pontos são atribuídas para contribuições diferentes, e quanto mais você contribui, mais você ganha.

Troque a adesão ao programa por grandes contribuições. Você também pode trocar a adesão ao seu programa por contribuições de membros particularmente importantes e trabalhosas. Isso põe diretamente um valor monetário nos esforços de contribuição, porque você conhece o preço (e o custo) do programa de membros. Se você deseja testar essa estratégia, considere o tempo, os recursos e o know-how que configurariam uma contribuição digna da adesão e ofereça caminhos para a participação nessas linhas. A Maldita, na Espanha, considera oferecer a adesão a leitores que voluntariam as suas especialidades para ajudá-los a checar informações falsas, junto daqueles que oferecem contribuições financeiras.

 

Como a Maldita recorre os “superpoderes” de seus membros para a checagem de fatos

A Maldita afasta os trolls que tentam prejudicar o seu fact-checking pedindo para que as pessoas anexem provas de suas credenciais.