Como priorizamos ideias?

Provavelmente, a equipe da sua redação tem mais ideias e objetivos do que você pode realizar. Definir aquelas em que você vai trabalhar primeiro e aquelas que você vai descartar é um elemento crucial do pensamento de produto. 

Quando os gerentes de produtos falam sobre prioridades, eles também estão falando sobre decisões. Você não tem tempo ou recursos infinitos, então trabalhar em uma coisa geralmente significa não trabalhar em outra. 

Muitas vezes, os jornalistas tomam decisões sobre o que trabalhar com base em seus instintos, em preferências históricas ou em hierarquia empresarial. Os gerentes de produtos tentam tomar essas decisões com base em pesquisas de audiência, análises e impactos nos negócios.

Aqui estão duas maneiras possíveis de decidir o que priorizar. 

Priorize objetivos e ideias baseando-se em uma matriz de impacto / esforço. O objetivo dessa abordagem é classificar as tarefas pelo impacto que gerarão em relação ao esforço necessário para concluí-las. Para fazer isso, faça uma lista das coisas nas quais você sabe que deseja trabalhar no futuro próximo. Em seguida, analise a lista de tarefas. Para cada item, tente avaliar:

  • O impacto que essa ideia terá nos seus negócios. Digamos que você esteja pensando em mudar um botão de doações em seu site. Você tem concorrentes que fizeram alterações parecidas? Em quanto eles aumentaram suas doações? Em geral, quando você fez outras alterações neste botão no passado, que tipo de resultados você obteve? Com base nessas perguntas, avalie qual será o impacto dessa mudança específica de forma realista. Utilize dados para se orientar. Se for útil, você pode usar números para medir o impacto ou usar categorias gerais como Alto, Médio e Baixo.

Quanto esforço é necessário para executar a ideia. Quais dos membros da sua equipe existente precisará liberar para realizar a tarefa? Por quanto tempo? Você precisará comprar ferramentas ou contratar ajuda externa? Mais uma vez, recorra aos dados para não avançar no escuro. Com base neste exercício, você pode avaliar quanto esforço cada ideia exigirá: Alto, Médio ou Baixo.

Baixo esforço Alto esforço
Alto impacto Máxima prioridade

Ganhos rápidos

Prioridade média

Projetos grandes, mas que valem o investimento

Baixo impacto Baixa prioridade

Trabalhos que valem a pena em algum ponto, mas não são uma prioridade

Mínima prioridade

Tarefas ingratas que não fazem um bom uso do seu tempo

Arte por Jessica Phan

Depois de ter essas estimativas, é mais fácil organizar as suas ideias e compará-las. Lembre-se de que suas estimativas talvez não sejam exatas. Não tem problema. Se você descobrir que estava errado, adapte onde puder e lembre-se do que aprendeu para quando fizer outro exercício de priorização.

Essa abordagem é particularmente eficaz para equipes pequenas, para as quais “ganhos rápidos” podem gerar um impacto enorme —  ganhando tempo e liberando recursos para realizar grandes projetos mais tarde.

Priorize objetivos e ideias baseando-se em uma matriz do tipo urgente / importante. Essa abordagem, também conhecida como matriz de Eisenhower, é particularmente eficaz para estabelecer prioridades em suas tarefas pendentes e para identificar (e eliminar) atividades que o mantém ocupado, mas pouco contribuem para o sucesso de longo prazo de sua organização.

É fácil se esquecer de tarefas importantes que não parecem urgentes (como o planejamento de uma pesquisa de audiência sprint para ser utilizada em seu programa de membros) se distraindo com tarefas urgentes que não são importantes (como responder a e-mails). 

Chamamos de  “sprint” um curto período, de uma semana a um mês, durante o qual uma equipe se dedica a tarefas específicas.Mapear itens nesta matriz o ajudará a identificar quais são os elementos que você precisa encontrar tempo para se dedicar, e aqueles outros aos quais você deve dizer “não” ou atribuir a outra pessoa. A matriz também pode ajudá-lo a realizar tarefas importantes antes que se tornem urgentes. Obtenha mais dicas sobre como avaliar tarefas usando esta matriz aqui.

Arte por Jessica Phan